A fadiga é um dos sintomas mais frequentes e iniciais do desequilíbrio metabólico. Pode indicar que o organismo encontra-se com deficiência de nutrientes. Podemos estar ingerindo quantidades insuficientes de nutrientes, podemos não estar absorvendo os nutrientes adequadamente, os ingredientes podem estar desequilibrados, ou uma combinação dessas condições concomitantemente.

Outra condição muito comum é a ausência de cofatores essenciais para a absorção dos nutrientes dos alimentos ou de sua utilização, como vitaminas, sais minerais e enzimas. O desequilíbrio hormonal também constitui causa muito comum do cansaço e queda de rendimento físico e mental, com empobrecimento do desempenho funcional como um todo e da qualidade de vida. O estresse também é uma das causas mais frequentes da fadiga crônica. O sedentarismo e a obesidade completam o quadro, que normalmente surgem combinados com causas multifatoriais, e, portanto, devendo ser abordado e tratado contemplando todas as causas presentes, pelo médico treinado com uma visão integrada, analisando o paciente como um todo integrado.

Dr. Jorge Jamili acredita que a manutenção da saúde através da detecção e a correção precoce dos pontos fracos, de forma personalizada, com o ajuste do estilo de vida (alimentação, exercícios, equilíbrio emocional), utilizando fitoterápicos, hormônios base (quando necessário e possível), complementação nutricional com nutracêuticos (vitaminas, minerais, antioxidantes etc). e através de medicamentos químicos alopáticos como último recurso, pode proporcionar melhores resultados do que apenas a utilização de medicamentos alopáticos quando a pessoa já está doente. Manter a saúde e qualidade de vida com plenitude funcional, é melhor do que tratar uma doença estabelecida.